As PRIMEIRAS linguagens de programação!

linguagem-programaçao-nerd-stickers.jpg

Primeiramente você sabe qual a história da linguagem de programação? Hoje o suporte atual em nossa tecnologia passa por enredos que envolvem o pontapé inicial  lá atrás, onde se programava em um pedaço de papel. Muito se fala na enorme gama atual das diferentes linguagens de programação, mas e as primeiras linguagens, você sabe quais eram? 

Diariamente estamos atrelados a linguagem de programação, passa despercebido, mas quando olhamos com um cuidado a mais, é visto a importância do processo de desenvolvimento das mesmas.  Atrelado ao nosso cotidiano, a construção que aconteceu muitos anos atrás se torna uma curiosidade incrível que vamos retomar neste texto. 

As pessoas que estão trabalhando para que a tecnologia chegue em sua forma mais genuína para você, também fazem parte desta dinâmica, e claro vamos falar sobre elas! E para você que ainda tem dúvidas sobre as aplicações do seu dia-a-dia, não vamos deixar você de fora, vamos te mostrar o quanto a tecnologia te conecta ao seu cotidiano!

A lista vai conter todas as linguagens de programação e uma linha do tempo, em seus primórdios. Não esqueça de ao final do texto deixar nos comentários qual você conhece, qual você usa em seu dia-a-dia!

Você sabe qual foi a primeira linguagem de programação?

Os primeiros passos nessa caminhada se tornam essenciais para a compreensão do desenvolvimento deste processo ao longo do tempo. E além de ser importante para todos em um movimento único, temos uma representatividade muito bem difundida na história da programação. Já falamos de Ada Lovelace por aqui, a responsável por um fato histórico inédito na tecnologia, e assim a caminhada começou em um pedaço de papel. 

O pedaço de papel escrito por Ada Lovelace continha o primeiro algoritmo da história da humanidade, o algoritmo a ser interpretado por uma máquina analítica. 

Hoje computadores são automatizados por códigos e facilitam nossa vida ao máximo, dessa forma a jornada se tornou uma experiência única por completo.

A jornada das linguagens de programação e sua pioneira Plankalkül!

Embora Ada Lovelace tenha escrito o primeiro código em meados de 1840, a primeira linguagem de programação foi criada entre 1941 e 1945. Em um alto nível, a pioneira das linguagens de programação foi criada por um nome importante para a computação e sua história, Konrad Zuse. 

O alemão responsável por tal feito, em um primeiro momento desenvolveu uma máquina onde então receberia configurações por programas. Com o seu computador criado, as configurações seriam recebidas por códigos, a linguagem de programação também desenvolvida por Konrad. 

Operações corriqueiras eram possíveis e assim anos depois foram surgindo mais linguagens, enriquecendo cada vez mais o mundo da tecnologia. Usando termos modernos após todos esses anos, podemos dizer que Plankalkül é uma linguagem de programação imperativa e tipificada. 

A linguagem Assembly da década de 50, um nível baixo porém simbólico!

Em um momento da história da computação, onde ainda as válvulas estavam presentes nestes computadores, temos a linguagem Assembly. Para ser mais específico em uma linhagem do tempo, estou me referindo a 1949, período da criação desta linguagem. Logo, a ideia desta linguagem é fazer substituições dadas às instruções da máquina. 

Portanto, temos uma linguagem de nível baixo, ao olhar dos desenvolvedores diante toda a dinâmica desta língua. As palavras que se usavam para programar em Assembly são conhecidas como mnemônicos. 

Embora o nome das palavras sejam difíceis de se pronunciar, tais palavras mnemônicas são mais fáceis de serem memorizadas. Tudo isso, para realizar o movimento de instrução dos computadores da época. 

O AUTOCODE, uma linguagem compilada!

Se você é desenvolvedor ou está inserido no mundo da tecnologia, tenho certeza que você conhece as linguagens compiladas. E dadas  todas as linguagens temos a primeira de todas, mais conhecida como AUTOCODE, em português significa autocódigo. 

Pelo nome já conseguimos ter uma noção do que essa linguagem sugere, não é mesmo? Em 1952, tivemos códigos executados nesta linguagem e para acontecer todo este processo, foram usados compiladores. A primeira linguagem de alto nível e também compilada teve seu início na Universidade de Manchester!

Alguns anos após seu surgimento em Manchester, o movimento da tecnologia aprimorou tudo isso, e assim algumas versões foram aparecendo. Estas versões apresentavam uma otimização melhor do que as anteriores, a desenvoltura do desenvolvimento levava todos estes quesitos em consideração. 

FORTRAN, essa você já ouviu falar né?!

Programar a gente já sabe que era bem difícil naquela época, com recursos bem limitados que pouco a pouco caminhavam em seu processo de desenvolvimento. Depois do desenvolvimento de Assembly, a tecnologia deu passos importantes, um deles foi com a linguagem FORTRAN. 

Ao passo que temos um movimento único recheado de histórias em cada criação de linguagem, com FORTRAN não foi diferente. O significado desta sigla é basicamente Formula Translation, com um objetivo simplificado, buscando acessibilidade na interpretação. Foi criada por um grupo de programadores, coordenada por John Backus. 

A revolução apresentada pela criação da mesma, foi muito inovadora para a época, a possibilidade de resolver problemas conseguiu se atenuar ao desenvolvimento. A facilidade para começar a programar, pelo contexto de todo o cenário de 1957, foi relativizada e facilitada. Embora tenha sido criada em 1957, ao passar dos anos e com o desenvolvimento de todas as tecnologias, as empresas foram se atualizando e criando seus compiladores para a linguagem. 

COBOL, com mais de 60 anos no universo da tecnologia!

Eu tenho certeza que você já usou ou já viu alguém usando cartão de crédito, certo? Pois bem, sabia que a linguagem por trás de toda essa tecnologia tem envolvimento com COBOL?!

Common Business Oriented Language, para os mais íntimos, COBOL. A tradução significa que é uma linguagem comum orientada aos negócios. A história é bastante relevante para o mundo dos negócios, pois a tecnologia acompanha as tendências de mercado e assim aconteceu o surgimeto. 

Houve um esforço comum entre vários setores na época, onde indústrias, universidades e governo se juntaram para achar um denominador comum. Ao me referir em um denominador comum, eu digo que a busca era um padrão de linguagem que atendesse o uso comercial.

Portanto, é possível notar na própria sigla o objetivo desta linguagem, onde os desenvolvedores dos programas que seguiam o COBOL poderiam rodar em diversos computadores, ao contrário das passadas que seguiam suas especificidades. Dando uma elasticidade maior ao mercado com uma linguagem de programação rodando em computadores de diversos modelos.

BASIC, a linguagem de programação básica!

O nome já diz tudo sobre sua tendência, BASIC a linguagem de programação pensada de forma com que todos possam programar. Intitulada de maneira bem intuitiva, temos um exemplo de linguagem de programação pensada para atender o público em geral. Criada por professores dos EUA, John Kemeny e Thomas Kurtz. 

Aqueles que não tinham muita facilidade com matemática, ou tampouco compreensão de computadores tinham a oportunidade com esta linguagem.  Podemos dizer que a visão de Bill Gates mais tarde ajudou a tornar os computadores ainda mais universais com algumas poucas mudanças na linguagem. 

A programação do nosso dia-a-dia!

Às vezes podemos nos perguntar onde estão esses códigos de programação em nosso dia-a-dia, e a resposta é muito simples, em tudo! Ao acessar um site, você está em constante contato, ao ligar seu videogame, mandar uma mensagem de texto… Tudo isso é possível graças ao movimento tecnológico que nos conecta. 

Os códigos de programação são possíveis graças às linguagens de programação, em outras palavras eu digo que seria a matéria prima para a construção de coisas magníficas. 

Já passou a reparar nas balanças de supermercado, no caixa eletrônico, calculadoras e entre outros vários itens dispostos em nosso cotidiano. Pois bem, todos envolvem algum tipo de linguagem de programação em seu primórdio, além disso devemos valorizar esta história que começou lá atrás. 

A primeira vista vemos que o  acesso à informação ficou ainda mais facilitado com o passar dos anos graças a todo este processo de evolução das linguagens, são diversas dentro do universo da tecnologia. 

Por fim,  já falamos por aqui quais são as mais usadas no mercado de trabalho hoje, e vale muito a pena conferir! Não esqueça de contar pra gente se você conhecia alguma dessas linguagens de programação, desde já desejo um grande abraço Nerd, e te espero no próximo texto!

0 0 votes
Avalie esse post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Adoraríamos receber o seu comentário. =Dx
()
x