Os filmes nacionais que mais fizeram sucesso no mundo!

filmes-nacionais

É sempre muito comum ouvir sobre os títulos Hollywoodianos, a princípio são os que mais investem dinheiro em suas produções milionárias. Apesar disso, por que não falar de títulos nacionais que tiveram repercussão no mundo e reconhecidos positivamente em um cenário mundial? Adoro assistir filmes nacionais! Desde que comecei a acompanhar o cinema nacional descobri títulos de produções incríveis, comecei a valorizar um conteúdo feito com muita qualidade. Então quando escuto que não se tem filmes bons no Brasil começo a retrucar este tipo de discurso.

Enquanto aqui temos muitos filmes cômicos que são ótimos, também temos filmes de drama, ação e muita aventura. Bem como o Hollywood, o cenário cinematográfico brasileiro tem suas falhas, mas não podemos estender e excluir aqueles que tiveram um conteúdo muito bem feito.

Quando era pequeno adorava apurar os atores nos filmes, e também lembro o quanto fiquei em choque ao ver Cidade de Deus ou quando me aventurei com o Capitão Nascimento em Tropa de Elite. Então se liga nessa lista de filmes que fizeram sucesso no exterior e merecem muito nossos elogios:

Cidade de Deus (2002)

Com constância vemos por aí um meme que circula desse filme icônico, você já ouviu falar no Zé Pequeno? “Meu nome é Zé Pequeno” é uma frase marcante do filme, que é lembrada até hoje, quase 20 anos depois. É uma obra de arte, onde o filme retrata um cenário de pobreza e violência que infelizmente ainda nos cerca dentro da nossa sociedade a um bom tempo. Uma construção dentro da favela com uma perspectiva central envolvendo crimes e a violência do dia a dia de uma favela do Rio de Janeiro

Ao mesmo tempo que você admira o filme e todos os seus recursos, você fica perplexo com fatos baseados na realidade. Uma sensação de angústia durante todo o enredo, e a ansiedade são bem trabalhadas pela direção de Fernando Meirelles e Kátia Lund.

O filme retrata a vida de um jovem negro que vive na favela, um dos locais mais violentos da cidade. Destoando dos outros, ele busca escapar do crime fazendo arte por meio de suas fotos, uma ótica realista da rotina nessa favela. Como resultado de suas fotos rotineiras, chegam nas mãos de criminosos que não gostam do que viram, onde a violência e o drama se intensificam. 

Confesso ter ficado muito impressionado na época com um filme com essa abordagem, a realidade infelizmente quando bate na porta nos choca. Sob o mesmo ponto de vista, o filme obteve críticas positivas, agregando inclusive várias indicações em prêmios internacionais. Cidade de Deus conseguiu simplesmente 4 indicações ao Oscar em: melhor edição, melhor roteiro adaptado, melhor fotografia e melhor diretor. Sem contar os outros festivais espalhados pelo mundo que distribuíram vários prêmios Vale muito a pena assistir!

Cidade De Deus - Assista online esse e outros sucessos no Telecine
Imagem: Telecine Play

Tropa de Elite (2007)

De acordo com a música tema do filme Tropa de Elite é osso duro de roer! Mais um sucesso nacional, que conquistou fãs por todos os lados. Ao contrário de Cidade de Deus, o filme trás uma ótica focada na realidade do policial de ação, especializado em táticas também no Rio de Janeiro.

O filme retrata a vida de um policial que comanda o seu esquadrão, lidando com a corrupção do sistema brasileiro, violência nas ruas e o drama familiar. Ao mesmo tempo que o filme mostra muita ação, ele nos provoca uma série de percepções e reflexões acerca de vários temas. A corrupção muito bem destrinchada no filme mostra uma realidade que ainda encontramos nas diversas vertentes da sociedade. A violência nas ruas ainda nos choca e como tudo acontece no desenvolver do filme nos choca bastante.

Todas as vezes em que assisti ao filme, minhas visões relacionadas a ele mudavam, um filme muito interessante para se refletir e curtir uma ação nacional. O diretor José Padilha consegue manter a tenacidade de suas características dentro do filme, com um diálogo assertivo e uma narração durante algumas cenas. Bem como em outras produções, conseguimos ver a cara de Padilha ao assistir o filme, a fotografia bem feita do filme é de destaque também.

Em outras palavras, temos um título de sucesso internacional, arrecadando várias premiações pelo mundo. Um dos prêmios desse título é o Urso de Ouro, no festival de Berlim e também em Lisboa garfou um prêmio com essa produção incrível. Se nunca viu esse filme, você está perdendo muito tempo!

poster do filme Tropa De Elite
Imagem: Telecine Play

Bacurau (2019)

Recentemente tivemos mais um filme produzido em terras brasileiras com uma qualidade sensacional e com pautas super necessárias para nós. Primeiramente quero dizer que com toda certeza, Bacurau soube trazer vários gêneros em um roteiro esplêndido, difundido a necessidade de tecer sobre o espectador o drama. Com toda certeza a direção do filme soube manusear tudo muito bem, a condução como ocorre a obra é muito fluida. Juntamente com todos os itens do filme, temos um enredo muito rico! A história  gira em torno de um povo pobre na qual sofre com políticas públicas e vive uma crise hídrica na região de seca do nordeste brasileiro. 

Afinal, trazer questões de sobrevivência em um cenário bem pobre, baseado em fatos que sabemos que são realidade nos chocam muito. Nesse sentido, em diversos momentos do filme, a sensação provocada é de angústia por um povo que sofre com constância e se mostra resistente.

Agora vamos aos prêmios, onde não podemos deixar de citar as diversas premiações internacionais que o filme ganhou. Premiações no Festival de Cannes, Festival em Munique, Festival de Lima, Montréal Festival of New Cinema e vários outros festivais nacionais em que ganhou prêmios de melhor filme. Caso ainda não tenha visto, Bacurau é um filme recente presente na plataforma de Streaming da TeleCine.

poster do filme Bacurau
Imagem: Telecine Play

Que horas ela volta? (2015)

De antemão adianto, esse é um dos meus filmes preferidos! Acredito que quando assisti esse filme, envolve alguns aspectos que eu possa ter me identificado, porém ele me conquistou de uma maneira inigualável. Aprendi a admirar todos os componentes da história, os atores e busquei saber mais sobre a produção.

Juntamente com outros atores, Regina Casé  estrela cenas icônicas e de muita reflexão durante o filme. O enredo conta a história de uma empregada doméstica, lutando para conquistar o melhor para sua filha. Empregada de uma família muito rica, Val (Regina Casé) mostra sua simplicidade em suas atitudes buscando sempre agradar sua família e seus chefes.

O  conflito de classe é uma das pautas principais que envolvem o filme, consegue ter uma tonalidade dramática envolvendo diretamente a filha de Val. O trabalho impecável do roteiro nos deixa com esperanças no fim do filme, acalentando nossos corações em uma produção brasileiro da ótima qualidade. Imediatamente pensamos que tal simplicidade poderia não conquistar prêmios gigantescos, engana-se quem pensa assim! Afinal o filme teve seu reconhecimento merecido internacionalmente, conquistando prêmios importantes.

A atuação de Regina Casé foi algo tão notório recebendo prêmio de melhor atuação no Festival Sundance; Festival de Berlim conseguiu prêmios de muita relevância para o currículo; World Cinema Amsterdam Festival conseguiu também ganhar mais um prêmio com a obra e várias outras indicações que mostram a qualidade do filme. Se você conhecia esse filme, para tudo e se programa para vê-lo!

poster do filme Que Horas Ela Volta?
Imagem: Telecine Play

O menino e o mundo (2014)

Seguindo a lista, temos agora um filme diferente dos demais que apresentamos anteriormente! Enquanto os outros envolvem atores renomados no cenário brasileiro, agora estamos falando de uma animação brasileira de muito sucesso. A animação conquistou muitos fãs pelo mundo com sua arte diferenciada e sua composição um tanto quanto diferente. Particularmente eu acho magnífica a animação, a arte que demanda toda sua composição tem sua extrema cautela para conquistar com seu enredo cativante.

Ao meu ver, O menino e o mundo consegue adquirir partes que o fazem único, ao final do filme você tem aquela sensação de querer abraçar aquele filme! Não consigo me referir a esse filme sem falar sobre a sensação boa que ele causa com sua arte e trilha sonora. Muito obrigado Emicida pela prova de composição única sem nenhuma sentença falada, somente com o som expresso na linguagem do filme, assista para entender!

Por fim, dizer que merecia o Oscar não é exagero pois concorreu a categoria em animação no ano de 2016, onde não conseguiu o feito. Mas acabou tendo seu reconhecimento em outro festival de sucesso pelo mundo, na França conseguiu ganhar o prêmio de melhor animação no Festival de Annecy. A direção de Alê Abreu ainda é muito desconhecida em solo nacional,  por tanto acho válido trazer para mostrar a qualidade dessa história para que temos consciência desta obra. Distribuído em mais de 80 países, não preciso citar seu sucesso pelo mundo, não é mesmo?

o-menino-e-omundo

Em conclusão…

Quero dizer que é importante que relatemos os filmes nacionais com o devido valor que eles merecem. Ainda temos muito a melhorar, isso é óbvio, porém  um passo de cada vez, já que também é necessária a ajuda do espectador. Vamos juntos nessa construção do cinema nacional e apoiar cada vez mais!

É sempre um prazer estar aqui, desejo um grande abraço Nerd e te espero no próximo texto!

5 1 vote
Avalie esse post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Adoraríamos receber o seu comentário. =Dx
()
x