5 filmes sobre empreendedorismo

O cenário econômico no Brasil vem se moldando em cima de algumas variações, abrindo espaço para que ocorra um aumento dos índices  de empreendedorismo. A palavra “empreendedorismo” segue em sua etimologia voltada para a  competência direcionada a projetos, serviços e negócios. O empreendedor ao captar conjunções problemáticas, oportunidades de inserção e investimento, começa o movimento de empreender, com uma trajetória a seguir.

O caminho encontrado é cheio de dúvidas, as incertezas e problemas são constantes! A vontade de fazer a diferença entra em conflito com momentos de ansiedade e muitas vezes de frustração, mas cada passo nessa jornada é recompensado. A experiência em que se é adquirida neste trajeto é única.

Embora, muitas vezes, dispondo assim parece ser fácil, mas a construção acontece seguida de diversos acertos e erros, empreender segue um desafio enorme. Segundo a revista Forbes, o CEO suiço Amaro Dominique Oliver enxerga um grande potencial de mercado no Brasil, deixando Nova York para vir ao Brasil empreender. Os motivos que levaram o CEO a enxergar o Brasil com outros olhos, envolve o espaço e consumidores curiosos, alegando ser um país com muita juventude.

Números apontam um recorde para o ano de 2020, onde houve cerca de 2 milhões de aberturas de registros de microempreendedores. Os índices apontados superaram as expectativas e mostram como o cenário tem crescido. 

O cinema de Hollywood consegue retratar vários cenários e  nos deixar mais motivados com biografias e histórias incríveis. Pensando em te inspirar, a lista que preparamos hoje envolve essa temática empreendedora, foram aportados filmes que vão te prender do começo ao fim. 

Steve Jobs (2015)

Primeiramente, recomendo você assistir logo de cara esse filme que retrata a biografia de um dos grandes nomes que revolucionou o cenário tecnológico que conhecemos. Caso tenha interesse, existe também a biografia escrita, contando detalhadamente cada etapa da vida de Steve Jobs, entretanto não estamos aqui para falar do livro. Não é mesmo?! 

O filme lançado em 2015 tem uma atuação muito boa do ator Ashton Kutcher. O mesmo sofreu bastante com críticas antes do lançamento, onde diziam que não conseguiria transparecer a genialidade de Steve Jobs. Pois bem, o início tem um recorte em um momento já considerado um dos ápices da carreira de Steve Jobs, o cofundador da Apple.

A primeira cena é de Steve Jobs em um evento mostrando a versão do IPOD, e alguns segundos depois já mostra como tudo começou. A transição repentina não exibe Jobs somente em seu ápice, mas mostra o drama de errar em diversos experimentos, até chegar ao sucesso. A vida de Jobs aponta os inúmeros  traumas sofridos, contando de forma fiel a sua biografia e história que antecede a fundação da empresa Apple.

A fotografia do filme consegue ambientalizar bem toda a produção e roteiro escritos de acordo com os ocorridos. A persona de Steve discorrida é inspiradora e nos faz admirar a história, e mostrar que não foi ao acaso todo o império construído. Assim como as qualidades, os defeitos são escancarados, mostrando suas peculiaridades desde o seu humor ácido até seu jeito de andar. O fator principal é assistir como a empresa foi construída na garagem de Steve, onde outras histórias de empreendedores de sucesso se assemelham!

É uma ótima indicação e não iríamos  começar esta lista sem esse filme!

A rede social (2010)

Um dos meus filmes preferidos, conta a história da criação da mais famosa rede social até hoje, e os nomes por trás de tal feito.  Sobretudo, a proposta de exibição de uma biografia voltada a criação da maior rede social feita até hoje consegue uma dinâmica interessante. As atuações integradas por todo o elenco conseguem transparecer uma qualidade fenomenal, o cenário simplista tem uma  boa demanda na sua desenvoltura. O enredo tem o translado principal em torno de Mark Zuckerberg, interpretado por Jesse Eisenberg, um gênio da computação que vivenciou momentos dramáticos .

A premissa do filme, se pararmos para pensar sem antes assistir, iríamos imaginar que retrata um grupo de pessoas frente ao computador programando. Nesse ínterim, o filme consegue quebrar essa barreira, e mostrar a biografia de um jovem que junto aos amigos criaram o Facebook. A contextualização referente a criação de ideias, engloba uma narrativa que pode parecer egoísmo em situações adversas, mas apenas assistindo para saber.

Do contrário do que se pensa, o patrimônio líquido que Zuckerberg conquistou hoje, passou por momentos de dúvidas, incertezas e inseguranças. Eventualmente, Zuckerberg não chegou a completar a universidade, largou Harvard pois viu o grande potencial de sua criação. O grande jovem, desloca para um contexto se encontrando em mecanismos solitários sociais. Ironicamente, o filme mostra a outra faceta por trás de uma rede social com mais de 500 milhões de pessoas.

Se você ainda não assistiu, o retrato do filme te inspira e muito, não perca mais tempo! 

5-filmes

Joy: O nome de sucesso (2015)

Do mesmo modo que os outros filmes são pautados, Joy: O nome de sucesso não fica atrás, é uma história baseada em fatos reais. Assisti recentemente, e em um momento de  diversos questionamentos profissionais, e ao assistir o filme posso afirmar o quanto é estimulante a trama.

A história conta a vida de Joy Mangano, uma empreendedora de sucesso, como o próprio título afirma. Responsável por criar acessórios inovadores nomeados Miracle Mop e Huggable Hangers. A atriz Jennifer Lawrence tem uma atuação eficiente no filme, o drama familiar é bem delineado com boas cenas de tirar o fôlego.

Logo após seu sucesso real, podemos ver como foi feita a construção e desenvolvimento desde a infância de uma pessoa que sempre demonstrou criatividade. A conturbação dentro do ambiente familiar pesou bastante, sempre carregando em suas costas as contas familiares e precisando mudar o jogo. Os problemas financeiros apareceram de forma a depreciar até mesmo os espectadores, mas Joy com boas ideias continuou apostando em suas invenções.

Logo após assistir o filme, alguns ensinamentos que podem ser absorvidos para aplicá-los ao movimento de empreender, onde eles são pilares de grandes empresários. Entender que é necessário inovar, saber vender sua ideia e persistir, posso dizer que o filme aborda muito bem estas lições.

filme-sobre-empreendedorismo

Um senhor estagiário (2015)

Sempre que vemos um elenco de peso nos filmes, já esperamos um conteúdo oferecido em níveis exacerbados. O filme selecionado tem uma temática leve e cai com uma luva na nossa temática, o cinema às vezes também pede sutileza para mostrar diversas lições. A composição do elenco tem atuações de ótima qualidade do ator Robert De Niro e da atriz Anne Hathaway, os principais do enredo. 

Embora a sutileza mova o filme em suas nuances, o entrecho principal já vem sendo explicado no próprio título, um senhor experiente estagiando. Bem, o senhor estagiário se encontra em um momento da vida sem muitos desafios e entretenimento. Ao se deparar sem propósito se candidata a uma vaga de estagiário, e claro o filme  tem um tom de comédia em suas entrelinhas.

O velho estagiário começa seus serviços em uma startup, fundada pela personagem da jovem Anne Hathaway, interpretando momentos de empresários bem sucedidos. Em diversos momentos nos pegamos sentindo o drama da ausência familiar da atriz, e a insegurança de fazer a gestão da empresa. Pouco depois de entrelaçar as funções do seu mais novo estagiário a suas tarefas diárias, a CEO consegue absorver bastante lições profissionais e pessoais.

As personas do filme nos mostram a importância da autenticidade, da calma e como valorizar pessoas é fundamental para a prosperidade de qualquer negócio. Ainda que seja ficção, podemos aprender muito com ele. E fica a dica de uma comédia leve seguindo a temática.

filme-empreendedorismo

O Lobo de Wall Street (2013)

Anteriormente a lista apresenta uma composição muito boa, mas o melhor ficou por último. Citando temas pertinentes aos empreendedores, o filme tem o intuito de trazer relatos reais que se baseiam em um corretor de ações. O que mais me impressionou diante a essa obra, é a realidade da abordagem que seguiu bastante fiel, e por isso devemos absorver ao máximo o filme. 

De antemão, a temática do filme envolve cenas bastante pesadas com um excesso bem intensificado envolvendo um conteúdo dramático. A história de Jordan Belfort interpretado por Leonardo DiCaprio é de extrema qualidade, e a atuação é muito chocante, o profissionalismo ultrapassou os limites. 

É possível ver a lábia de Jordan, suas habilidades de vendas são absurdas, mostrando a sua equipe como fazer a movimentação de vendas. O mindset do personagem é de admirar, e lembrando que o filme retrata fatos reais, então a abordagem é bastante inspiradora. Os diálogos são bem construídos com cenas icônicas, e as habilidades que um empreendedor precisa desenvolver é pautado o tempo todo durante o filme. A sede por dinheiro movimenta o filme. 

Um retrato de um dos nomes mais marcantes do mercado financeiro apresenta também diversos plot twists em seus momentos finais. Se você precisa de um gás e inspiração, o filme é ideal para você. Disponível no serviço de streaming da Amazon, raramente encontramos filme assim, então não perde mais tempo e corre pra assistir!

5-filmes-empreendedorismo

Por fim, fica aqui nossa lista de filmes com um tema empreendedorismo separados a dedo para você se inspirar! Deixe aqui nos comentários quais você já assistiu e o que você achou.

É sempre um prazer estar aqui com vocês, um grande abraço e  te espero no próximo texto!

5 1 vote
Avalie esse post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Adoraríamos receber o seu comentário. =Dx
()
x