4 motivos para você ver o filme sobre o Snowden

Desde que Edward Snowden se tornou conhecido mundo afora, a privacidade na era digital virou um assunto ainda mais frequente. Para entender um pouco melhor a importância dessa discussão sobre segurança e privacidade, assistir ao filme do Snowden é uma ótima pedida.

Afinal, quer coisa melhor do que ficar por dentro de um evento relevante enquanto ainda se diverte com um ótimo longa-metragem? “Snowden: Herói ou Traidor”, dirigido pelo celebrado diretor Oliver Stone e protagonizado por Joseph Gordon-Levitt, entretém enquanto ainda fortalece a necessidade de proteger seu computador e seus dados pessoais.

Está curioso? Então, saiba por que você deve ver o filme do Snowden e se prepare para dar o play!

1. Dá para assistir na Netflix

Você pode assistir a “Snowden: Herói ou Traidor” agora mesmo, porque o filme está disponível no catálogo da Netflix! Se preferir outras plataformas de streaming, também dá para comprar o longa pelo Google Play ou pelo YouTube.

2. O filme explora as “origens” de Snowden

Snowden é um analista de sistemas foragido dos Estados Unidos que vive, hoje, na Rússia. Você provavelmente já sabia disso. Ver o filme é interessante por trazer uma dimensão mais humana a Snowden e sua trajetória, que culminou em sua decisão de denunciar a invasão de privacidade cometida pelo governo norte-americano.

Nascido em 1983 na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, Edward Snowden foi estudar informática em 2004, mas logo abandonou os estudos para alistar-se no Exército. Sua carreira como soldado também foi curta, pois ele sofreu um acidente durante os treinamentos, quatro meses após ser convocado.

Então, em 2005, Snowden começou a trabalhar como segurança de TI em uma unidade de pesquisa da Universidade de Maryland afiliada à Agência de Segurança Nacional (NSA). No ano seguinte, ele foi contratado pela Agência Central de Inteligência (CIA) e, depois, transferido para a Suíça para atuar na área de segurança digital.

Snowden trocou a CIA pela Dell em 2009 e, logo em seguida, foi para a Booz Allen Hamilton. E é aí que a parte mais famosa de sua história começa.

3. Você vai ficar por dentro do que houve

A Booz Allen Hamilton é uma empresa privada que presta serviços para a NSA. Foi lá que Snowden viu mais de perto a espionagem eletrônica que o governo dos Estados Unidos fazia com seus cidadãos. Então, no dia 20 de maio de 2013, ele pediu uma licença médica e foi até Hong Kong, onde contou tudo isso à imprensa, fornecendo documentos e arquivos que comprovavam suas alegações.

Esses documentos foram publicados pelo jornal britânico The Guardian e pelo jornal norte-americano The Washington Post, que estão entre os mais importantes de seus países. Uma das coisas que Snowden revelou foi que a NSA tinha um programa que possibilitava fazer buscas em bancos de dados e, assim, acessar os e-mails, conversas e históricos de navegação de milhões de pessoas.

Ao The Guardian, ele declarou que “o público precisa decidir se esses programas e políticas são certos ou errados”. Snowden nunca quis esconder sua identidade, tanto por acreditar que estava agindo corretamente quanto por entender que revelar-se traria mais embasamento e confiabilidade a suas denúncias.

Tudo isso é contado de forma dinâmica e envolvente em “Snowden: Herói ou Traidor”, que transmite bem a urgência da questão.

4. Sua preocupação com a privacidade vai ser fortalecida

É impossível ver o filme do Snowden e não começar a se preocupar (ainda mais) com a privacidade nos meios eletrônicos.

Além de tomar muito cuidado com links suspeitos e arquivos executáveis, também dá para proteger o hardware do seu computador. Protetores de webcam impedem a execução de programas que a invadam para espiar o que você está fazendo, enquanto itens como adesivos deixam seu laptop mais personalizado e, portanto, difícil de ser confundido.

Viu só? O filme do Snowden promete unir entretenimento com informação ao contar um dos casos mais relevantes da segurança da informação e por reforçar a importância da privacidade de dados. Então, prepare a pipoca e curta nossa indicação!

Gostou deste conteúdo? Assine nossa newsletter gratuita e receba os posts novos do blog diretamente por e-mail!