As percepções das cores: O elemento do seu branding!

As percepções das cores: entenda como funciona a dinâmica das cores!

A percepção que temos ao ver as cores advém de uma série de fatores que envolvem partes do nosso cérebro. Ao ver uma cor, você pode estimular sensações e percepções que podem desencadear muitos sentimentos, os estudos estão acontecendo nessa área para buscar explicações. Embora ainda existam algumas divergências nas pesquisas, sabemos que as cores impactam diretamente em layouts na internet, banners e até mesmo ambientes da casa.

As cores podem afetar nosso comportamento, e devemos dar a atenção necessária para que haja uma harmonia entre elas. Para  aplicá-las no marketing, design ou em qualquer outra vertente, é necessário entender  como funciona esta dinâmica das cores. Durante o processo de criação, para o design, as cores  fazem parte do elemento que liga as peças entre diversos modelos planejados, nos quais são essenciais. 

Mas antes disso, anterior a qualquer movimento que envolva marketing e design, já existiam muitas teorias referentes às cores, buscando a alusão dos fatores que são fundamentais dentro desta percepção. 

Pode parecer estranho, mas a capa do álbum de Pink Floyd mostra o feixe de luz branca dissipando em diversas cores, teoria referente a Newton. São diversas referências a essas percepções e até mesmo a psicologia das cores que passam despercebido, mas estão presentes em nossa rotina.

E tenho certeza que você já se deparou em algum momento de bloqueio criativo, ou que precisava escolher as cores e sentiu que não combinou. Então, nos tópicos abaixo vamos trazer tudo que envolve essas percepções referentes às cores diante o design e marketing e até mesmo outros segmentos. Tudo aquilo que você precisa saber!

As sensações das cores e sua psicologia, o que são?

Como dito anteriormente, é fundamental entender que as cores enfatizam algumas sensibilidades, dando oportunidade de inserção  de aspectos sentimentais, que por sua vez são interessantes. Talvez, em algum momento você tenha visto alguma cor e lembrou de sensações já vividas, ou te despertou algo que você mesmo não conseguiu explicar. Então, é justamente o ponto em que seguimos daqui, as cores remetem a diversas conexões que emergem um aspecto psicológico frente ao espectro que a envolve. Logo, quando sabemos que é possível compreender então a psicologia das cores e as percepções que as envolve, podemos construir informações pertinentes. 

Primeiramente a área onde então se estudam as sensibilidades compostas e despertadas pelas cores, está diretamente ligada à psicologia. E claro faz-se presente em aplicações nas áreas que necessitam de um contato, e precisam aguçar alguns sentidos durante uma comunicação. 

É incrível  pensar que no Egito antigo já se usavam algumas estratégias relacionadas às cores, buscando relacionar o humor diante as percepções frente a cor. 

Pensa em um mundo sem cores, seria algo muito triste! As cores respeitam suas divisões, nomenclaturas que fazem jus as suas referências a objetos e também a sensações. E não poderia deixar de citar a sua harmonização com outras cores que, muitas vezes, nos deixam mais tranquilos. Você já se incomodou ao ver cores que ao se destoar do ambiente?

Por exemplo, você se manifestou de alguma forma frente a desarmonização das cores, lhe causou uma sensação. E justamente por isso e outros motivos que o Marketing e o Design aproveitam estas áreas de estudos e as usam para aplicação, extraindo as melhores informações. 

A linha tênue das Cores, Design e Marketing!

 A correlação entre os três é de suma importância, pois a necessidade dos aspectos estéticos estão diretamente ligadas às cores.  Um conceito amplo abrange as duas áreas, e tem como principal fundamento a comunicação, em outras palavras,  a expressão! Um técnico da área vai buscar solucionar os problemas e agregar valor à experiência em termos seja qual for a concepção. 

Para que haja a sensação e expressão, as cores são fundamentais e fazem parte do processo de criação. Então dentro da área da psicologia das cores e suas percepções. Serão aplicados os conhecimentos adquiridos ao longo dos anos, de acordo com as pesquisas, que até mesmo profissionais de marketing já o fizeram.

Buscando atender os mercados e as novas tendências, os profissionais que contemplam estas áreas desfrutam dos elementos perceptivos das cores. E podemos ver isso em diversos lugares! 

A importância das cores, é sempre bom ressaltar que para os consumidores a relevância desse movimento de percepções com as cores apresenta um alto índice. E justamente por isso, para viabilizar essa dinâmica, o profissional de marketing entra com seu plano de ação frente a psicologia das cores. Contudo, então se vê que não se deve pular as etapas das escolhas das cores para sua logo, produto ou afim. Então, são fundamentais para despertar a combinação perfeita de expressão e sentimento, buscando atingir a conexão perfeita com o cliente.

A atmosfera criada por estas duas áreas só é possível depois de entender a gama de significados e recursos que lhe são proporcionados. 

Existem significados para as cores? Saiba quais são eles!

A configuração das emoções frente às cores já foi debatida nos tópicos anteriores, com todos seus estudos e áreas que fazem uso deste recurso. Mas afinal, o que cada cor pode significar dentro de um espectro emocional? Se existe significado para as cores, quais são eles? 

Bem, para que possamos visualizar de maneira mais clara os significados, vamos trazer algumas cores frente ao conceito que cada uma pode gerar:

Cor Vermelha

É uma cor que nos gera bastante atenção, e quando usada corretamente gera boas percepções. Com os significados fazendo algumas oscilações devendo, ser usada no momento correto, representando alerta, paixão e até mesmo fome! Algumas marcas do mercado alimentício usam a cor vermelha para estampar suas logomarcas e se expressarem da melhor maneira para seus clientes. 

Cor Amarela

A sua similaridade com as sensações geradas na cor vermelha são enormes, e claro fazendo uma combinação de peso. Quando usadas em conjunto, podemos ter um resultado que gera uma característica que estimula o apetite. 

Ao passo que também a cor pode ser utilizada para gerar atenção e sinalizar algum alerta. Embora, também possa ser usada em nuances harmônicas gerando tranquilidade, por ser uma cor cativante e alegre, segundo pesquisas.

Cor Azul

Uma cor que tem suas ligações com a higiene, relaxamento e caminha para sensações estimuladoras da criatividade. O azul ele apresenta diversos tons, onde cada um se perpassa em uma gama muito grande de significados, por isso deve saber usar cada tom para o significado que se deseja. 

Os tons mais claros remetem a esse processo de calma e relaxamento, mas já os tons escuros tendem a trazer sentimentos de confiança  e imponência. O azul em geral é considerado uma cor que gera sobriedade. 

Cor Verde

Logo de cara, quando se trata desta cor já nos faz referência à natureza e ao meio ambiente, com sensação de equilíbrio e harmonia. Muito usada para remeter a uma dinâmica de cura, podemos perceber isso em jogos e até mesmo em placas de hospitais. 

O objetivo da cor é transmitir uma percepção que se refere ao ato de relaxar e acalmar, por isso muito usada nestes aspectos. 

Cor Branca

Dentro da escala de cores, a neutralidade que aflige essa cor é enorme, buscando manter a limpeza, calma e organização na sua dinâmica. Ela consegue trabalhar em harmonia com diversas outras cores, ressaltar outras e é muito usada em combinações. Ela pode fazer a luminosidade de outras cores se ressaltar ainda mais dentro da paleta de cores. 

Cor Preta

Uma cor que envolve muita gala, elegância e sobretudo força. A neutralidade também passa enfoque diante esta cor, podendo fazer boas combinações com outras cores dentro da paleta, assim como o branco.

O mistério pode abranger seus contextos mais diversos, com tons bem sofisticados ela se torna uma boa escolha dependendo do que você necessita. Os designers gostam muito das combinações feitas com a cor preta!

percepção-das-cores

Saiba como aplicar as cores e melhorar seu NEGÓCIO!

Especialistas da área, reforçam que o seu branding também está relacionado às percepções que envolvem as cores. As pesquisas apontam que o cliente exerce um julgamento em cima da marca em cerca de 90 segundos. Por isso as cores devem estar bem alinhadas aos seus objetivos. E para o branding do seu negócio ser construído, ele deve levar em consideração fatores importantes como a psicologia das cores. 

O logotipo é a representação da marca para os clientes, onde muitas vezes a lembrança da cor acarreta em uma associação forte a sua marca. E assim, por fim, as cores têm sua função primordial para exercer esse processo.

Alinhe com profissionais da área esta dinâmica das cores, conseguindo trazer o melhor de todas as cores para seu negócio! Existem diversas ferramentas nas quais a associação das paletas de cores são usadas, e nada melhor que um profissional para auxiliar neste processo, não é mesmo?

Por fim, é muito importante nos atentar sempre a todas estas informações que estão presentes diante os negócios. As pesquisas são realizadas com muita seriedade por diversos profissionais, com um objetivo de sempre agregar os melhores tópicos abordados.

Se você também achou curioso, e tem experiências a serem compartilhadas, deixe nos comentários! 

Espero você no próximo texto!

5 1 vote
Avalie esse post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Adoraríamos receber o seu comentário. =Dx
()
x